Last Call: livro relata os crimes do serial killer Richard Rogers

Já publicamos aqui sobre o serial killer que fazia picadinho de homens homossexuais em Nova York no filme Parceiros da Noite. Já aqui no nosso mundo real um recente...

publicamos aqui sobre o serial killer que fazia picadinho de homens homossexuais em Nova York no filme Parceiros da Noite. Já aqui no nosso mundo real um recente lançamento me fez lembrar do filme. E não podia deixar de escrever a respeito.

O CASO


Em 3 de maio de 1991, o banqueiro Peter Anderson, de 54 anos, saiu da sua casa na Filadélfia para uma viagem a trabalho até Nova York. Dois dias depois seu corpo esquartejado foi encontrado dentro de uma lata de lixo. Anderson foi morto com várias facadas antes de ser picado. Num ato macabro, o assassino o castrou e colocou o pênis dentro da sua boca. Sem pistas, o caso esfriou por completo.

Então, em julho de 1992, Thomas Mulcahy, de 57 anos, desapareceu após uma viagem de negócios até Nova Iorque. Seu corpo desmembrado seria encontrado em Nova Jérsei. Como Peter, ele também foi esfaqueado antes de ser esquartejado. Os ossos foram separados das juntas e os braços e pernas lavados antes do descarte.

Quando as polícias cruzaram as informações, eles descobriram algo surpreendente. Tanto Peter quanto Thomas foram vistos pela última vez dentro do Townhouse Piano Bar, um bar super discreto na 58th Street, em Manhattan. “O Townhouse era invariavelmente descrito como bem provido…um lugar onde cavalheiros mais velhos perseguiam homens mais novos, e vice-versa”, escreve Elon Green no livro Last Call.

Casados e pais de família, Peter e Thomas tinham uma vida dupla e aparentemente flertaram com o cara errado no Townhouse.

Em 1993, mais duas vítimas foram encontradas: Anthony Marrero, 44, cortado em sete partes, e Michael Sakara, 55. Sakara foi visto pela última vez no Five Oaks, outro discreto bar gay da região de Manhattan movido ao som de piano.

Homens mais velhos, homossexuais, desmembrados com precisão e descartados dentro de sacos plásticos de lixo da cor verde, amarrados com pelo menos dois nós. As vítimas, pegas em bares com piano ao vivo em Manhattan. Era clara a ação de um serial killer.

Este é um caso esquecido e desconhecido, mas que foi tirado das sombras com o lançamento de Last Call na última semana. Lemos a versão kindle do livro e afirmamos: Vale muito a pena!

Podcasts OAV


Escute os podcasts do Aprendiz Verde em nosso site de podcasts ou no agregador de sua preferência.

Apoie o OAV


Apoie o nosso trabalho. O OAV Crime precisa do seu apoio para continuar a crescer, disponibilizando textos e podcasts de qualidade, assim como o desenvolvimento de outros projetos. Acesse a página abaixo e saiba como apoiar.

Por:


Daniel Cruz
Texto

Assine o nosso projeto no Catarse

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:

RELACIONADOS

Receba nosso conteúdo por e-mail!

Digite o seu endereço de e-mail:

OAV Crime no WhatsApp!

OAV no Whatsapp

OAV Crime no Telegram!

OAV no Whatsapp

OAV Crime no Twitter

As últimas notícias

Categorias

×

Powered by WhatsApp Chat

× Receba nosso conteúdo no WP