Michael Hernandez: criança assassina morre na Flórida

Eles supostamente eram amigos, pelo menos estudavam na mesma escola e eram colegas de classe. Michael Hernandez, de 14 anos, e Jaime Gough, também de 14, pareciam como qualquer...

O assassino Michael Hernandez durante uma audiência judicial. Foto: Sun Sentinel.

Eles supostamente eram amigos, pelo menos estudavam na mesma escola e eram colegas de classe. Michael Hernandez, de 14 anos, e Jaime Gough, também de 14, pareciam como qualquer outro adolescente da idade deles. A diferença era que o primeiro era um garoto profundamente perturbado e possuidor de uma mente doentia, macabra e suja. O segundo era o oposto, e por ter apenas a bondade no coração, se tornou a presa perfeita.

Em uma manhã de fevereiro de 2004, Hernandez atraiu seu amigo Gough até o banheiro da escola onde estudavam. Lá dentro, ele tirou uma faca e degolou o amigo, desferindo outras 40 facadas no corpo num frenesi assassino que lembra os mais doentios assassinos psicopatas dos anais do crime. Quando terminou, colocou a faca suja de sangue dentro da mochila e foi para a sala de aula como se nada tivesse acontecido. Vendo o menino sujo de sangue, a professora chamou a polícia.

Qual o motivo do assassinato? Nenhum. Michael Hernandez era apenas um ser humano ruim que queria ver como era trucidar alguém (alguém lembrou do goiano Dickson ou do paraibano Patrick?). Após o crime, descobriu-se que ele mantinha uma lista de pessoas a matar, incluindo a própria irmã, e era fascinado por assassinos em série como Ted Bundy e Jeffrey Dahmer. Ele supostamente pensava em “limpar o mundo” matando pessoas. Gough era negro e antes de matá-lo, Hernandez tentou atrair outro colega, também negro, até o banheiro. Seria Hernandez um assassino em série do tipo missionário em formação?

“É uma pessoa fascinada por assassinos, por filmes violentos, letras de música violentas, livros e eventos violentos”, disse o juiz John Schlesinger em seu julgamento. Mesmo com a pouca idade, o garoto pegou a perpétua, isso porque autoridades ficaram chocadas com seu comportamento dentro da prisão, fazendo piadas sobre sua incapacidade de chorar e dando telefonemas bizarros em que descrevia graficamente histórias de serial killers.

Se o mundo pode ficar melhor sem pessoas como Hernandez respirando o mesmo ar, então ele ficou na última quinta-feira, 29 de abril, quando ele foi encontrado morto na prisão. A suspeita é que ele tenha tido uma overdose de drogas.

“Ele era uma pessoa maligna que não mostrou remorso. Finalmente a justiça foi completada”.

– Gail Levine, promotor

Assista abaixo uma reportagem do canal CBS Miami sobre a morte de Michael Hernandez.

Fonte consultada: Michael Hernandez, who murdered classmate in middle school bathroom stall, dies in prison. Miami Herald.

Podcasts OAV


Escute os podcasts do Aprendiz Verde em nosso site de podcasts ou no agregador de sua preferência.

https://podcasts.oavcrime.com.br/2021/05/01/14-analisando-o-assassino-do-zodiaco/

Apoie o OAV


Apoie o nosso trabalho. O Aprendiz Verde precisa do seu apoio para continuar a crescer, disponibilizando textos e podcasts de qualidade, assim como o desenvolvimento de outros projetos. Acesse a página abaixo e saiba como apoiar.

Por:


Daniel Cruz
Texto

Universo DarkSide – os melhores livros sobre serial killers e psicopatas

http://www.darksidebooks.com.br/category/crime-scene/

Curta O Aprendiz Verde No Facebook

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
Apoie

RELACIONADOS

Receba nosso conteúdo por e-mail!

Digite o seu endereço de e-mail:

OAV TV

OAV TV

Queremos você!

Queremos Você!

OAV Crime no WhatsApp!

OAV no Whatsapp

OAV Crime no Telegram!

OAV no Whatsapp

OAV Crime no Twitter

As últimas notícias

Categorias

×

Powered by WhatsApp Chat

× Receba nosso conteúdo no WP