Com ajuda de produtores de série de TV, polícia britânica encontra ossos que podem ser da primeira vítima do serial killer Fred West

Há mais de 50 anos o The Pop In (hoje The Clean Plate Café), na rua Southgate, na cidade inglesa de Gloucester, tem sido um sinistro ponto de conexão...

Há mais de 50 anos o The Pop In (hoje The Clean Plate Café), na rua Southgate, na cidade inglesa de Gloucester, tem sido um sinistro ponto de conexão para um dos mais misteriosos casos de desaparecimentos da história britânica recente.

Há mais de 50 anos atrás, uma adolescente de 15 anos chamada Mary Bastholm trabalhava no The Pop e em 6 de janeiro de 1968 ela desapareceu misteriosamente após sair do trabalho. Ela estava num ponto de ônibus nas proximidades quando sumiu. E até hoje ninguém sabe onde ela está ou o que aconteceu. Entretanto, em 1994, uma suspeita horrorosa tomou conta de todos. Naquele ano, um dos mais sinistros serial killers da história inglesa foi capturado na mesma Gloucester. Seu nome era Fred West e ele gostava de ir tomar um café no The Pop. Como West cometeu suicídio pouco depois de ser preso, ninguém nunca pode provar nada. Até ontem.

Uma série de TV


A rede de televisão ITV, que vem se especializando em contar histórias de serial killers (a série sobre Dennis Nilsen foi brilhante!) está atualmente produzindo uma nova série criminal, dessa vez sobre Fred West. E durante a produção eles descobriram alguma coisa. E essa coisa era tão quente que tanto a polícia quanto a justiça britânica a levaram adiante. O que os produtores da série descobriram é que existia a possibilidade de Mary estar enterrada nas dependências do próprio The Pop. Um juiz autorizou a escavação e ontem, 16 de maio, foram encontrados ossos e um tecido que bate com o casaco que Mary usava quando desapareceu.

Uma coletiva de imprensa para esta terça-feira de manhã é esperada.

Vista aérea do The Clean Plate Café mostra o local (apontado pela seta vermelha) onde peritos estão escavando na tentativa de encontrar os restos mortais de uma possível vítima de Fred West, possivelmente Mary Bastholm. Foto: Getty Images.

Vista aérea de trás do The Clean Plate Café. À direita é possível ver o local onde peritos estão escavando. Foto: Getty Images.

No último dia 11 de maio a polícia interditou o The Clean Plate Café, colocou uma lona branca na frente do estabelecimento e começou os trabalhos de escavação. Foto: Getty Images.

O assassino em série Fred West em foto tirada durante o seu trabalho. West trabalhou como empreiteiro e suspeita-se que ele tenha feito o piso do café que agora está sendo escavado pela polícia.

Anomalias


Atualizado em 18 de Maio

A polícia de Gloucester confirmou nesta terça-feira ter encontrado seis “anomalias” na área do banheiro do The Clean Plate. Essas anomalias seriam buracos na terra. O detetive chefe John Turner negou a informação de que ossos tivessem sido encontrados, mas o The Sun em matéria atualizada hoje diz que o “material [tecido] e ossos suspeitos estão sob uma partição”.

Os peritos estão usando um radar de penetração no solo e através desse radar eles encontraram um espaço vazio no porão abaixo do banheiro. Eles perfuraram a área, cavando buracos de ventilação de forma que cães pudessem farejar indícios de restos mortais. Os animais indicaram uma possibilidade de pequena para média e um endoscópio foi inserido em um dos buracos, identificando um “material de aparência azulada dentro do espaço.”

As escavações estariam lentas porque o The Clean Plate está acima de um antigo cemitério que remonta ao Império Romano.

Hoje de manhã policiais foram vistos saindo com duas portas de madeira de dentro do The Clean Plate.

25 Cromwell Street


O The Clean Plate Café fica a cinco minutos a pé da casa dos horrores onde Fred West e sua esposa Rosemary mataram e enterraram várias de suas vítimas. Embora o casal tenha sido acusado de matar 12 mulheres e Rose, eventualmente, condenada por 10 assassinatos, acredita-se que eles tenham assassinado mais de 20 pessoas.

Uma dessas possíveis vítimas é uma ex-namorada de Fred chamada Anne McFall, desaparecida em 1967 quando tinha 18 anos. Ela estava grávida de Fred e seu corpo desmembrado foi encontrado enterrado em 1994. Uma autópsia dos restos mortais revelou que ela foi cuidadosamente esquartejada e o feto removido do útero. Fred e Rosemary usavam chicotes e outros objetos para torturarem suas vítimas, que incluíam os próprios filhos.

Abaixo segue as vítimas confirmadas do casal:

NomeIdadeDataDescrição
Charmaine West81971Enteada de Fred West. Charmaine foi assassinada por Rose enquanto Fred estava na prisão por violência doméstica.
Rena Costello271971Primeira esposa de Fred, foi assassinada por ele quando esta foi buscar a filha, Charmaine. Acredita-se que ele a tenha matado para evitar uma investigação.
Lynda Gough201973Alugava um quarto na casa de Fred e Rosemary. Rosemary disse à mãe dela que Lynda havia se mudado para Weston-super-Mare.
Carol Ann Cooper151973A adolescente desapareceu quando caminhava para casa após sair de um cinema. Seus restos mortais foram encontrados enterrados no jardim do casal West.
Lucy Partington211973Após passar o Natal com a família em Cheltenham, Lucy desapareceu quando esperava um ônibus. A estudante era prima do novelista Martin Amis e irmã da escritora Marian Partington.
Therese Siegenthaler221974A estudante desapareceu em abril de 1974 enquanto pegava carona para uma viagem até a Irlanda.
Shirley Hubbard151974Desapareceu quando ia para a escola em Droitwich. Quando o corpo dela foi descoberto, sua cabeça estava completamente coberta com fita adesiva. Um tubo de borracha saia da sua boca, o que a permitia respirar durante a tortura.
Juanita Mott181975Alugou um dos quartos para morar na casa dos West, mas já havia se mudado quando desapareceu.
Shirley Robinson191978Outra inquilina, Robinson foi assassinada em 1978 após ficar grávida de Fred West.
Alison Chambers171979A garota desapareceu em agosto de 1979 e foi uma das que foram encontradas enterradas no jardim dos West.
Heather West171987Repetidamente estuprada pelo próprio pai, Fred West, Heather começou a reclamar com amigos sobre os abusos e foi assassinada pelos pais que temiam que ela falasse demais.

Prevejo que a série da @itv sobre Fred West tem tudo para bater a já enorme audiência da de Dennis Nilsen.

Fonte consultada: Fred West detectives ‘find bones and material matching a coat’ as they dig up cafe basement hunting for remains of 15-year-old Mary Bastholm, thought to be the serial killer’s first victim; Daily Mail.

Podcasts OAV


Escute os podcasts do Aprendiz Verde em nosso site de podcasts ou no agregador de sua preferência.

https://podcasts.oavcrime.com.br/2021/05/01/14-analisando-o-assassino-do-zodiaco/

Apoie o OAV


Apoie o nosso trabalho. O Aprendiz Verde precisa do seu apoio para continuar a crescer, disponibilizando textos e podcasts de qualidade, assim como o desenvolvimento de outros projetos. Acesse a página abaixo e saiba como apoiar.

Por:


Daniel Cruz
Texto

Assine o nosso projeto no Catarse

Curta O Aprendiz Verde No Facebook

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
Apoie

RELACIONADOS

Receba nosso conteúdo por e-mail!

Digite o seu endereço de e-mail:

OAV TV

OAV TV

Queremos você!

Queremos Você!

OAV Crime no WhatsApp!

OAV no Whatsapp

OAV Crime no Telegram!

OAV no Whatsapp

OAV Crime no Twitter

As últimas notícias

Categorias

×

Powered by WhatsApp Chat

× Receba nosso conteúdo no WP