Ilnaz Galyaviev: atirador de escola mata 9 pessoas no Tartaristão

Nove pessoas foram assassinadas na manhã de hoje (11 de maio – sete delas crianças) por um atirador de escola na cidade de Cazã, capital do Tartaristão. Filmagens compartilhadas...

A escola de número 175, palco do ataque desta manhã que deixou nove mortos – quatro meninos, três meninas e duas mulheres adultas, uma professora e uma funcionária. Foto: BBC.

Nove pessoas foram assassinadas na manhã de hoje (11 de maio – sete delas crianças) por um atirador de escola na cidade de Cazã, capital do Tartaristão.

Filmagens compartilhadas nas redes sociais mostram o atirador, que segundo a mídia local é um ex-aluno da escola, andando com armamento pesado. Ele até chega a fazer o sinal de ‘OK’ para quem filma. Outra filmagem mostra o desespero de crianças pulando das janelas para escapar do massacre. De acordo com reportagens locais, duas crianças morreram ao pular de janelas do segundo andar da escola.

Imagens retiradas de vídeos mostram crianças pulando do segundo andar da escola (imagem à esquerda) e o atirador no chão após se render à polícia (imagem à direita).

Vídeo flagra momento em que criança pula do segundo andar da escola em Cazã.

O atirador foi identificado como Ilnaz Galyaviev, de 19 anos. Galyaviev tinha porte de arma e antes do massacre postou em suas redes sociais que planejava matar “um grande número” de pessoas antes de se matar. Prints de suas fotos estão circulando na Internet e uma imagem o mostra vestindo uma máscara preta com a palavra “Deus” escrita com tinta vermelha. Galyaviev não se matou e vídeos gravados por populares o mostram se rendendo à polícia. Em outro vídeo, ele está sem camisa, sujo de sangue, deitado dentro de uma cela conversando com um policial.

O atirador Ilnaz Galyaviev.

Horas antes de cometer o massacre o acusado postou fotos em uma canal do Telegram. No canto superior direito é possível ver o atirador fazendo o sinal de ‘OK’ a quem filma.

O atirador Ilnaz Galyaviev deitado dentro de uma jaula numa delegacia de Cazã.

Efeito Columbine


O ataque guarda semelhanças com Columbine. O local, uma escola, e a vestimenta do agressor tem simetria com o caso americano. O psicólogo americano Peter Langman, que se especializou no estudo de atiradores de escola e assassinos imitadores, diz que muitos atiradores possuem “modelos”, ou seja, eles se inspiram em casos anteriores para cometer os seus próprios atos homicidas. Alguns são interessados em Hitler e no Nazismo, mas um dos principais modelos é sem dúvidas Columbine. Uma horda de jovens que cometeram atrocidades em escola foram influenciados por Columbine, incluindo o brasileiros Wellington de Menezes, Guilherme Taucci e Luiz de Castro.

Crianças e jovens perturbados veem o massacre de Columbine como uma espécie de roteiro a seguir, uma forma de se vingarem da sociedade, vingarem de suas escolas onde supostamente sofreram bullying ou eram invisíveis.

“Para aqueles que se sentem que não são ninguém, o caminho para se tornar alguém é muito simples: pegar uma arma e atirar em muitas pessoas”.

– Peter Langman

Vídeo


Veja abaixo alguns vídeos gravados por populares.

Fonte consultada: Russia school shooting: Children and teacher killed in Kazan BBC News.

Podcasts OAV


Escute os podcasts do Aprendiz Verde em nosso site de podcasts ou no agregador de sua preferência.

https://podcasts.oavcrime.com.br/2021/05/01/14-analisando-o-assassino-do-zodiaco/

Apoie o OAV


Apoie o nosso trabalho. O Aprendiz Verde precisa do seu apoio para continuar a crescer, disponibilizando textos e podcasts de qualidade, assim como o desenvolvimento de outros projetos. Acesse a página abaixo e saiba como apoiar.

Por:


Daniel Cruz
Texto

Assine o nosso projeto no Catarse

Curta O Aprendiz Verde No Facebook

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
Apoie

RELACIONADOS

Receba nosso conteúdo por e-mail!

Digite o seu endereço de e-mail:

OAV TV

OAV TV

Queremos você!

Queremos Você!

OAV Crime no WhatsApp!

OAV no Whatsapp

OAV Crime no Telegram!

OAV no Whatsapp

OAV Crime no Twitter

As últimas notícias

Categorias

×

Powered by WhatsApp Chat

× Receba nosso conteúdo no WP