Joyce Dahmer: etarismo & saúde mental

Transtornos depressivo e de ansiedade. Estresse. Abuso de drogas e medicamentos. As pessoas estão cada vez mais afundadas em problemas de saúde mental e muitas vezes não percebem que...

Transtornos depressivo e de ansiedade. Estresse. Abuso de drogas e medicamentos. As pessoas estão cada vez mais afundadas em problemas de saúde mental e muitas vezes não percebem que precisam de ajuda. A vida moderna parece uma corrida maluca e sem sentido por ganhar dinheiro e atingir metas profissionais e pessoais, mesmo que isso signifique andar apenas em círculos. Ao mesmo tempo gasta-se muita energia para manter um relacionamento, criar uma família, administrar uma casa, ter uma vida social… Mulheres são as principais vítimas, pois espera-se que elas abracem o mundo. E não reclamem.

Isso, entretanto, não é um problema das sociedades deste novo século. No caso das mulheres, elas são multitarefa desde sempre. Em 1977, por exemplo, uma clínica de Ohio chamada Portage Path criou um programa de saúde mental apenas para elas. O objetivo era ajudá-las a melhorar a autoestima e fazê-las compartilhar seus problemas e frustrações. A primeira turma foi fechada com sete mulheres. Uma delas chamava-se Joyce, ninguém menos que Joyce Dahmer — a mãe daquele que se tornaria um dos mais macabros assassinos em série de nossa história, Jeff Dahmer, na época, apenas um adolescente introvertido e esquisito.

Na clínica, Joyce se reconheceu doente e “insatisfeita com a maneira como as coisas estavam indo”. Ela foi criada num ambiente conservador e rude, e viveu uma vida para os outros. Uma coisa que ficou clara nas discussões de grupo foi o quanto o fator idade pesou. Atingir os 40 foi um golpe duríssimo e ela sucumbiu a práticas autodestrutivas — o etarismo, tão falado recentemente, também, não é nada novo.

Após 22 anos longe dos estudos, sendo uma dona de casa e mãe em tempo integral, ao mesmo tempo que lidava sozinha com seus problemas mentais e desejos oprimidos, Joyce decidiu olhar para si e realizou o sonho de se matricular na universidade.

A terapia ajudou muito, mas o ano de 1977 reservava surpresas, incluindo um acontecimento que mudou o curso de sua vida.

Essa e outras histórias estão detalhadas no livro JEFF, na trilha da loucura, de Daniel Cruz.

JEFF, na trilha da loucura


  • Clique aqui e faça o download do descritivo do livro;
  • Para mais detalhes de Jeff, na trilha da loucura, siga o OAV Crime nas redes sociais: @OAVCrime;
  • Adquira o livro agora no site OAV Crime Publicações;
  • Ou compre na Amazon;
  • Para compras via PIX, oferecemos um desconto de 2.5%. Se optar por esta forma de pagamento, envie o seu PIX no valor de R$ 95,00 para a chave pix@oavcrime.com.br. Não esqueça de enviar o comprovante da transferência para o e-mail oavcrime@gmail.com;
  • Compre o livro, compartilhe com seus amigos e ajude a literatura true crime nacional e independente;
  • Leia todos os textos que o autor Daniel Cruz escreveu sobre Jeffrey Dahmer para o OAV Crime. Clique aqui;
  • Obrigado!

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:

RELACIONADOS

Receba nosso conteúdo por e-mail!

Digite o seu endereço de e-mail:

OAV Crime no WhatsApp!

OAV no Whatsapp

OAV Crime no Twitter

As últimas notícias

Categorias

×